12 de abr de 2013

Chamada de trabalhos para o 4º Encontro Transdisciplinar de História e Comunicação


4º Encontro Transdisciplinar de História e Comunicação

Paisagens da Cultura: Ambientes Midiáticos, História Social e Cidade


Tema: Paisagens Culturais: Ambientes Midiáticos, História Social e Cidade.

Datas: 23 e 24 de maio de 2013


Organizado pelo Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura: Barroco e Mestiçagem, do programa de pós-graduação em Comunicação e Semiótica, e o Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC), do programa de pós-graduação em História, ambos da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), o evento se propõe a oferecer um espaço de debate a objetos que transitem através de olhares investigativos centrados em temáticas que permeiem as paisagens culturais, ambientes midiáticos e a história social da cidade.
Em 2008, foi dado o pontapé inicial desta parceria. Proposta a temática "Cidade, Barroco e Mestiçagem", pesquisadores de ambos os grupos e áreas afins participaram do evento que marcou concomitantemente o lançamento da Revista Eletrônica de História Social da Cidade – Cordis. No ano seguinte, a problemática urbana e suas implicações agravadas, transformadas ou apenas parcialmente alteradas em sua constituição objetiva e simbólica, tornou-se o eixo de discussão do encontro, sob o título de "Séries Urbanas: conflito e memória".
Em 2011, em sua terceira edição, com a finalidade de permitir a troca de conhecimento e a disseminação do que vinha sendo estudado no campo da Comunicação e da História, decidiu-se concentrar o evento em um eixo comum que permeia tais áreas: "História Cultural e Semiótica da Cultura".
Para o ano de 2013 o Encontro terá como tema "Paisagens culturais: Ambientes Midiáticos, História Social e Cidade". Paisagem cultural no sentido de não separação entre natureza, espaço urbano e cultura, levando-se em conta que os códigos da cultura elaboram-se não só a partir de sujeitos, mas a partir de objetos híbridos, compostos por articulações entre a dimensão antropológica e as várias dimensões que não dependem especificamente dos sujeitos (fauna, flora, objetos), mas que se desenvolvem a partir de um conhecimento poético da cultura.
As cidades são os lugares onde tais paisagens se ativam, apesar e com à cena tecnocapitalista. Nesta direção, o presente Encontro tem como objetivo reunir em colóquios trabalhos que desdobrem essa região investigativa, no exercício da transdisciplinaridade e no transcurso de múltiplas linguagens que entrecruzam ambientes midiáticos e história social da cidade. Na edição do presente ano, a proposta é que os dois grupos de estudo interajam com outros dos departamentos da história e de semiótica: o centro de oralidade, coordenado pela professora Dra. Jerusa Pires Ferreira e o grupo de pesquisa processos de criação, coordenado pela professora Dra. Cecília Almeida Salles, o Núcleo de Estudos de História: Trabalho, Ideologia e Poder, coordenado pelo Prof. Dr. Antonio Rago Filho, o Núcleo de Estudos da Mulher, coordenado pela Profa. Dra. Maria Izilda Santos de Matos e o Núcleo de Estudos Culturais: Histórias, Memórias e Perspectivas do Presente, coordenado pela Profa. Dra. Maria do Rosário da Cunha Peixoto.


01. CHAMADA DE TRABALHOS
As propostas, contemplando a articulação entre os campos da semiótica da cultura e história social, podem ser enviadas aos Grupos de Trabalho abaixo relacionados, devendo ser direcionadas aos emails dos respectivos coordenadores, inicialmente no formato de resumo. Aos autores dos resumos aprovados será solicitada a entrega do artigo completo para inclusão nas revistas eletrônicas Cordis, do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade – NEHSC - e Algazarra, do Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura: Barroco e Mestiçagem, de acordo com o cronograma apresentado a seguir. Serão aceitos textos redigidos em português, inglês ou espanhol.

Os resumos, relacionados à temática do evento e, em especial, aos objetivos e questões de cada Grupo de Trabalho, devem conter no máximo de 400 palavras e até o mínimo de 4 e o máximo de 6 de palavras chaves a serem submetidos até o dia 25 de abril de 2013.

02. CRONOGRAMA

Até 25/04/2013 (Envio de resumos 400 palavras).

O arquivo deve ser salvo em modo de compatibilidade e enviados ao endereço eletrônicohistoriasemiotica@gmail.com, respeitando a seguinte identificação: número do GT, seguido do sobrenome do(s) autor(es).

Exemplo: (GT 02_MORALES.doc).

Dia 07/05/13 - Divulgação do resultado da seleção dos resumos expandidos.
Envio das templates para formatação do artigo.

Dias 23 e 24/05/2013 – Evento


Dia 30/06/2013 - Entrega dos artigos completos para o e-mail historiasemiotica@gmail.com para a publicação na revista eletrônica Algazarra, do Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura: Barroco e Mestiçagem.

IMPORTANTE: a entrega do artigo completo, de acordo com o formato do template (disponível a partir da divulgação do resultado da seleção dos resumos), dentro do prazo estipulado no cronograma, é obrigatória para a inclusão do(s) autor (es) na revista eletrônica. É importante ressaltar que a revisão está – exclusivamente – a cargo do(s) autor (es). O corpo editorial da revista eletrônica guarda-se o direito de, eventualmente, excluir aqueles em desacordo com o resumo ou apresentação.

03. FORMATO DO RESUMO:

- Enviado em arquivo Word for Windows (modo de compatibilidade);

- Título do artigo em Caixa Alta e Negrito, fonte Times New Roman, corpo 12 e espaço simples entre linhas;

- Nome do autor, vinculação institucional e formação acadêmica;

- E-mail de contato, endereço completo de correspondência e telefone;

- Texto do resumo em Times New Roman, corpo 12 e espaço 1,5 entre linhas.

Estrutura sugerida: Introdução/ Objetivos e justificativas/ Fundamentação teórica e procedimentos metodológicos/ Principais resultados obtidos e/ou esperados.

04. GRUPOS DE TRABALHO
A submissão dos trabalhos convocados está compreendida na abordagem de três grupos. São eles: 
GT01 – Paisagens culturais: oralidade, práticas narrativas, história. 
GT-02 – Paisagens culturais: processos de criação, mestiçagens, cidade e 
GT03 – Paisagens culturais: tradução, ambientes midiáticos, imaginários. 

O objetivo desta proposta não é normatizar uma temática, estancá-la na adequação das pesquisas. Pelo contrário, trata-se aqui de considerar o enfoque dos GT's como fio condutor a fim de direcionar os recortes e a escolha dos processos investigativos para otimizar a exposição das pesquisas. Para tanto, segue as ementas dos Grupos de Trabalho:

GT 01: PAISAGENS CULTURAIS: ORALIDADE, PRÁTICAS NARRATIVAS, HISTÓRIA.

Ementa: Este GT apresenta pesquisas relacionadas à oralidade, práticas narrativas e história; categorias móveis que se articulam para a construção dos relatos trazem a possibilidade de ampliação do saber histórico, das áreas de investigação, a descoberta de novas abordagens e metodologias do conhecimento, como também no que tange à semiótica da cultura. As paisagens culturais se compõem pela articulação entre as variadas linguagens, temporalidades e espacialidades do ambiente. A partir disso, entende-se tal paisagem como lugar de encontro e diálogo de diferentes "formas de contar" que, de modo colaborativo, constituem horizontes provisórios de conhecimento.

GT 02: PAISAGENS CULTURAIS: PROCESSOS DE CRIAÇÃO, MESTIÇAGENS, CIDADE

Ementa: Este GT acolhe produções que mostrem processos de criação, construção cultural e mestiçagem nas diversas linguagens que se relacionam à paisagem cultural da cidade. Obras artísticas, festas populares, escritos literários, grafites anônimos, estéticas arquitetônicas, feiras livres e mesmo o traçados de ruas e calçadas contribuem, com suas especificidades para a tessitura urbana e para a história das cidades, desde seus códigos microestruturais, passando pelo cotidiano até os aspectos políticos, ideológicos e econômicos mais gerais.

GT 03: PAISAGENS CULTURAIS: TRADUÇÃO, AMBIENTES MIDIÁTICOS, IMAGINÁRIOS

Ementa: Este GT reúne trabalhos que abordem o movimento tradutório dos textos e das narrativas na paisagem cultural, desdobrando as conexões entre história, imaginário, representações, por meio de ambientes midiáticos e das traduções em objetos de cultura: suas passagens e transformações nas mídias, nas coletividades, nas práticas, nos ambientes do cotidiano, tendo em conta que a paisagem cultural se dá na trama histórica das coisas e das linguagens, um entremeio de natureza e cultura.

05. APROVAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS PARTICIPANTES

O Comitê Científico, relacionado no item 07 deste projeto, se encarregará de verificar a adequação dos resumos expandidos propostos a participação do 4º. Encontro Transdisciplinar de História e Comunicação. Para tanto, pretende se reunir em um coletivo para não só definir a lista de participantes, mas também encaminhar tal divulgação segundo definição do cronograma.

06. COMITÊ CIENTÍFICO E EQUIPE TÉCNICA:

Prof. Dr. Amálio Pinheiro, Profa. Dra. Yvone Dias Avelino, Silvia Regina de Jesus, Jurema Mascarenhas Dias, Orlando Garcia, Mila Goudet e Luís Pereira.

Nenhum comentário: